Notícias

Notícias

jul 10, 2020

Indústria de PE ensaia recuperação e registra o segundo melhor desempenho do País

A produção industrial de Pernambuco deu um salto significativo na passagem de abril para maio de 2020, chegando a pontuar um aumento de 20,5% em sua produtividade. Com esse resultado, o segmento alcança o segundo melhor resultado do País, atrás apenas do Paraná (24,1%), e começa a ensaiar uma leve recuperação depois de registrar sucessivas quedas provocadas pela crise da Covid-19.

Por outro lado, quando os resultados atuais são confrontados com os do ano passado vemos que Pernambuco não teve um desempenho tão bom e que sua produção industrial caiu 13,5%. Dentre os setores que puxaram o desempenho da indústria para baixo, encontram-se fabricação de outros equipamentos de transporte, exceto veículos automotores, (-91,3%), fabricação de máquinas, aparelhos e materiais elétricos (-58,8%) e fabricação de produtos de minerais não-metálicos (-47,1%). O único setor que teve um desempenho positivo neste critério de comparação foi o de alimentos, cujo crescimento foi de 17,5%.

Já no acumulado do ano, a indústria pernambucana caiu, mas em menor intensidade, recuando 4,7%, sendo a fabricação de outros equipamentos de transporte, exceto veículos automotores (-85,3%), materiais elétricos (-26,6%) e metalurgia (-17,9%) os setores que contribuíram para a retração. Como era de esperar, por se tratar de um bem essencial, o setor de alimentos também apresentou um crescimento de 20,7% no mesmo período. Além disso, mesmo em queda, Pernambuco apresentou o menor recuo na comparação com as médias nacional e regional, que declinaram mais que 10%.

compartilhe