Notícias

Notícias

ago 13, 2020

Produção industrial de Pernambuco volta a crescer

A produção Industrial de Pernambuco voltou a crescer em junho deste ano, depois de quatro meses de quedas consecutivas em razão da pandemia. O aumento foi de 2,8% comparado ao mesmo período do ano anterior, levando o Estado a registrar o segundo maior crescimento dentre as 14 federações pesquisadas.

O resultado de Pernambuco foi superior à média nacional, cuja queda foi de 9,0%, e ao percentual do Nordeste, que sinalizou retração de 17,7%. Dentre os setores que impulsionaram o resultado positivo local, destacam-se: a fabricação de produtos têxteis (28,1%), a produção de bebidas (19,1%) e a fabricação de produtos alimentícios (13,1%).

No acumulado do ano de janeiro a junho, o resultado foi diferente dos apresentados anteriormente, pois, a produção industrial recuou 3,6% se comparada ao mesmo período do ano passado. “Apesar da indústria ensaiar uma recuperação, ainda não é o suficiente para suprir os danos causados pela pandemia no início do ano”, explicou o economista da FIEPE, Cézar Andrade.

Entre os setores que contribuíram para esse resultado negativo, destacam-se: fabricação de outros equipamentos de transporte, exceto veículos automotores (-83,4%), materiais elétricos (-24,6%) e metalurgia (-17,5%). Fora da curva, o setor de alimentos cresceu 19,6%. Ainda sobre o resultado acumulado, Pernambuco apresentou menor recuo na comparação com a média nacional (-10,9%) e com a do Nordeste (- 13,0%), e, também, dentre as federações pesquisadas obteve a terceira menor queda.

compartilhe