Notícias

Notícias

out 18, 2019

Seminário da FIEPE leva mais de 600 pessoas ao Centro de Convenções do Senac, em Caruaru

Com o tema Gestão de Mudanças e Inovação, evento teve como palestrantes Ana Tex, Luciano Salamacha e Murilo Gun 

Mais de 600 pessoas lotaram o auditório do Centro de Convenções do Senac para o Seminário Gestão de Mudanças e Inovação da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE). Foram mais de cinco horas de imersão em conteúdos de estímulo à criatividade, fomento ao empreendedorismo, marketing digital e neurociências, abordados com as expertises dos palestrantes Ana Tex, Luciano Salamacha e Murilo Gun. O público também pode conhecer o case de sucesso da Jeep e vivenciar momentos de networking.

Um dos pioneiros da internet no Brasil, Murilo Gun empolgou a plateia com seus insights sobre criatividade para solução de problemas. “É comum achar que criatividade é algo apenas para quem trabalha com marketing ou publicidade. Quis trazer criatividade de um jeito simples para que todos entendessem que os riscos de fazer as coisas do mesmo jeito estão ficando maiores do que fazer de uma maneira diferente. Isso tem a ver com ser você mesmo, voltar a sua essência. Para mim, o oposto de ser normal, não é ser anormal e sim natural”, defendeu. Murilo ainda falou da importância de eventos como esse para a região. “O seminário não foi um evento trivial, foram mais de cinco horas com a casa cheia e três pessoas trazendo visões diferentes sobre vários assuntos. Fico feliz das pessoas estarem interessadas e de ter alguém ofertando isso na cidade”.

Com mais de 300 mil seguidores no Instagram, pela primeira vez em Caruaru, Ana Tex falou das oportunidades do marketing digital para alavancar os negócios. “A internet muda, completamente, a cada seis meses, então é importante entender o que é preciso fazer para obter resultado e aplicar. O conhecimento tem que andar na mesma velocidade de evolução da tecnologia e das estratégias de marketing digital para que todos consigam acompanhar”, orientou.

Luciano Salamacha surpreendeu o público com uma apresentação sobre pensar e agir às escuras, durante 45 minutos, que exigiu interação da plateia o tempo inteiro. “A maneira foi completamente inusitada. O público não sabia que apagaríamos todas as luzes e que a palestra seria em completa escuridão. A ideia foi chamar as pessoas a refletirem e entenderem um pouco de memória para que possam aplicar a neurociência de uma maneira extremamente prática. Elas descobriram o quanto a memória é capaz e, o mais importante, quanto é simples a gente colocar planejamento nas nossas vidas”, disse.

Além das palestras, os inscritos assistiram à apresentação do Plant Manager Polo Automativo da Jeep, Pierluigi Astorino, que falou sobre os 76 anos da marca que aumenta sua produção a cada ano, contrariando as perspectivas econômicas. A atuação de outra grande empresa, a Caixa Econômica Federal, também foi abordada na fala do gerente regional da Caixa, Marco Aurélio Avelar.

O sucesso do seminário é resultado também do novo posicionamento do Sistema FIEPE no mercado. “Estamos trabalhando muito forte no reposicionamento da própria instituição, aproximando-a do público mais jovem, trazendo uma linguagem que fique mais próxima do nosso consumidor e tem dado certo. O seminário nos deixou muito animados para, em 2020, trabalhar com uma programação que tenha maiores eventos durante o ano todo. Fechamos 2019 no Agreste com chave de ouro”, enfatizou a superintendente da FIEPE, Fernanda Mançano.

“Mais uma vez, tivemos um evento muito bem sucedido. Acertamos na escolha dos palestrantes, especialistas de boa comunicação que trouxeram temas distintos e atuais com muitas informações novas e relevantes de serem aplicadas no dia a dia das empresas e isso é o principal. O objetivo foi cumprido. Tivemos um público imenso, foi o maior dos seminários da FIEPE até agora e vai abrir portas para outros ainda maiores”, finalizou o diretor regional, Andrerson Porto.

compartilhe