Notícias

Notícias

mar 24, 2021

Sob o reflexo da Nova Lei do Gás, GT traça estratégias para o mercado

Entendendo que o mercado do gás é fundamental para estimular a competitividade das indústrias pernambucanas, a Gerência de Relações Industriais da FIEPE realizou, na última terça-feira (23), mais uma reunião do seu Grupo de Trabalho do Gás, com representantes de algumas das maiores consumidoras do Estado, entre elas Baterias Moura, Pamesa do Brasil, Vivix e Coca Cola. Participaram também a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Federação das Indústrias do Mato Grosso do Sul (FIEMS).

Na oportunidade, eles conversaram sobre os entraves para aquisição do gás no momento, como preço, reajuste, valor de mercado de outros estados e também sobre a entrada de novos agentes no mercado para a quebra de monopólio da Petrobras, o que pode baratear o custo do gás natural na ponta para as empresas. Por todos, os temas foram vistos com bastante relevância já que o cenário para as indústrias é de alerta em virtude dos impactos provocados pela pandemia da Covid-19.

Com intuito de apresentar os detalhes da Nova Lei do Gás, aprovada pela Câmara no começo de março deste ano, a representante da CNI no Fórum do Gás da Indústria, Juliana Falcão, apresentou os detalhes do Projeto, que, agora, segue para sanção presidencial. A CNI estima que, com a aprovação total do projeto, haverá incremento de R$ 60 bilhões por ano em investimentos e a geração de 4,3 milhões de empregos nos próximos anos.

compartilhe