Notícias

Notícias

set 01, 2021

Unidade Regional do Agreste da FIEPE completa 25 anos

A Unidade Regional do Agreste (URA) da Federação das Indústrias de Pernambuco (FIEPE) completou 25 anos de existência, neste mês de agosto. Com sede localizada em Caruaru, a seccional atende 20 cidades da região, atuando na defesa de interesses da indústria e oferecendo consultoria e assessoria empresarial, além de promover capacitações e realizar debates para fortalecem a indústria local.

“Caruaru tem a vocação de acolher essa liderança aqui no Agreste e a gente tenta, na medida do possível, buscar os pleitos de todos esses municípios que fazem parte da URA. Eu acho que está sendo cumprida a nossa função principal, que é levar esse conhecimento, esse apoio através de toda a estrutura da FIEPE Recife para os nossos associados”, defende o diretor da URA, João Bezerra.

A criação da unidade foi solicitada pelo Núcleo Especial do Jovem Executivo (NEJE), que reunia representantes do empresariado caruaruense no final da década de 90. A solicitação oficial foi feita pelo Presidente da entidade, Andrerson Porto, em 1996, quando o então Presidente da FIEPE, Armando Monteiro Neto, participou de uma reunião em Caruaru.

“A instalação da FIEPE em Caruaru veio no momento em que essa necessidade já estava madura, já era algo claro. Foi um passo importante para a FIEPE, ainda mais porque a interiorização dessa presença da Federação era claramente uma diretriz da nossa gestão. E por que Caruaru? Porque Caruaru tem um núcleo dinâmico empresarial, tem uma força associativa grande na região, é uma região que tem dinamismo. A presença do sistema FIEPE lá era, ao meu ver, uma coisa imperativa”, lembra Armando.

Andrerson também fez parte do processo de expansão da unidade, durante o período em que assumiu a diretoria, entre 2012 e 2020, quando criou o Conselho Regional do Agreste. “Foi um desafio muito grande porque, até então, entre 1996 e 2012, era um escritório regional da FIEPE, mas era basicamente FIEPE Caruaru. A proposta que me apresentaram era de que ela fosse transformada numa Unidade Regional Agreste, atendendo cerca de 20 cidades aqui da região Agreste, que têm o maior potencial industrial. O primeiro desafio nosso era, se a unidade era regional, então nós tínhamos que ter participantes de outras cidades da região, então fomos convocar esse conselho”, conta.

Atualmente, a URA é vista como referência para outras organizações empresariais e tem contribuído fortemente para o avanço do setor industrial da região. “Completamos 25 anos, 25 anos de sucesso, de colaboração, melhorando as relações de trabalho, melhorando as relações do produzir, melhorando a indústria caruaruense e de toda a região”, comemora o Presidente do Sistema FIEPE, Ricardo Essinger.

Segundo Marco Casé, que foi gerente da Unidade Regional Agreste de 1996 a 2013, existia, em Caruaru, nos anos de 1995 e 1996, um movimento dos jovens empresários que era o Núcleo Especial do Jovem Executivo (NEJE) e essa entidade começou a discutir os problemas da cidade, em relação ao seu desenvolvimento e, numa oportunidade, convidou o presidente da Federação das Indústrias, naquela época, o senhor Armando Monteiro Neto, que atendeu o convite e veio fazer uma palestra. Nessa palestra, foi cobrada enfaticamente pelo presidente do NEJE, que, na época, era Andrerson Porto e também pelos seus associados, a implantação de uma unidade na cidade de Caruaru da FIEPE, para que pudesse atender aos anseios e às necessidades dos empresários industriais naquela ocasião.

“A chegada da federação das indústrias em Caruaru realmente foi muito significativa. A federação completando 25 anos então, ela tem esse papel importante nesse apoio ao empresário da indústria, que ele tanto necessita. A FIEPE tem esse cunho”, finalizou Marco Casé.

compartilhe